What If?

Quem nunca se viu na vida perguntando pra si mesmo como seria se uma situação acontecesse de forma diferente ou se tivesse tomado uma outra decisão?

Foi o que o pessoal d’A Casa de Ideias pensou em fazer por volta dos anos 60. Talvez fosse uma resposta às pequenas mudanças que apareciam no horizonte de sua maior concorrente quando ela começou a experimentar suas variantes de terras paralelas. Ou talvez tenha sido simplesmente uma ideia para testar novas variantes ou caminhos para seguir com seus personagens.

Eles precisavam apresentar essas variantes, testar todas as possibilidades num experimento deixado claro para o leitor que aquilo não passava de uma possibilidade sem ter que se comprometer com continuidades ou explicações. E isso funcionou tão bem que acabou sendo uma grande cereja em cima do bolo da editora, deixando todos os fãs ansiosos por cada nova aventura que poderia chegar e até mesmo estimular suas mentes imaginando ou  especulando quem ou o que seria reformulado ou remodelado numa nova realidade a cada número.

Mesmo hoje, com todo esse universo novo sendo mostrado, muitos dos novos fãs começam não só a especular como a pedir ensandecidamente visões diferentes desses personagens, numa tentativa de se sentir mais intimamente ligado ao personagem que tanto gosta.

O que muitos desses novos apaixonados pelo universo Marvel não se dão conta, é que A Casa de Ideias já pensou nisso há muito tempo quando introduziu a raça dos Vigias em seu universo em 1963 na revista Fantastic Four #13, e que apresentava uma versão para os quadrinhos de um sucesso da época do The Twilight Zone.

Uato – Terra 616 – Marvel Comics

Uato da terra 616, o nosso mais querido amigo imaginativo que tinha a incumbência de nos mostrar todas as variantes e possibilidades de acontecimentos que poderiam assolar nosso universo numa revista periódica a partir de 1977. Sua aparição fazia jus aos programas que o inspiraram, com o personagem aparecendo logo na primeira página dando ao leitor um panorama que seria abordado e convidando-o a imaginar o que aconteceria se…

Quando a Marvel começou a trazer seus personagens para as telas de cinema e conseguiu levar seus heróis até um público novo, que ainda não estava acostumada com o desprendimento dos autores em deixar esse ou aquele personagem sucumbir frente às tramas malignas de um vilão, fez com que muitos saíssem dos cinemas apavorados e começassem a desenvolver tramas paralelas em que seus heróis sobreviviam às armadilhas impostas pelos inimigos.

Essa experiência fez com que a imaginação passasse não só a salvar seus personagens preferidos, mas a moldá-los em formas que mais lhes agradassem. Então as perguntas começaram. Mas posso adiantar que A Casa de Idéias já pensou nisso.

E se a Gwen não tivesse morrido? (What If #24 – dez/1980)|E se a Fênix não tivesse morrido? (What If #27 – jul/1981)|E se o Tio Ben tivesse sobrevivido? (What If #46 – ago/1984)

Quando se trata de imaginar e pensar diferente, você não pode dar a ideia pra quem senta todo dia pensando em algo que já é daquela forma a mais de 50 anos, porque eles realmente vão pensar em algo diferente, isso se já não o fazem todos os dias. E se o Capitão América não tivesse sido revivido? E se o Capitão América não tivesse sido congelado? E se o Thor fosse mulher ? E se a Jane Foster fosse o Thor? Perguntas que se tornaram muito frequentes após os filmes dos Vingadores.

Os últimos acontecimentos na terra real têm feito o público pensar ou se reunir em grupos para discutir e pensar em conjunto. De certa forma, é uma maneira de aliviar as tensões para esses acontecimentos. A perda prematura de Chadwick Boseman foi um desses acontecimentos que começaram a gerar especulações. O que aconteceria se a Shuri virasse a Pantera Negra? Mesmo a saída do Capitão América do arco canônico da Marvel trouxe essas questões. O que aconteceria se a Agente Carter se tornasse o Super Soldado?

Não são apenas especulações, são na realidade experimentos muito interessantes que ampliam a nossa gama de visão desse universo estimulando ainda mais a nossa criatividade, mas principalmente nos fazendo entender que essas especulações fantasiosas mostram que essa criatividade é infinita e possível sem ferir ou magoar as melhores lembranças de qualquer fã, não importando de que época ou de quando ele começou a acompanhar o Universo Leeano.

What If…? | Marvel Studios|Disney+

Mesmo sendo em forma de animação, o anúncio da série de animação What If talvez tenha sido o que mais me agradou nos últimos tempos no Universo da Marvel, por fazer com que todos sejam estimulados a olhar para esse universo por um ângulo diferente e que toda e qualquer mudança não passa de uma versão ou visão diferente desses personagens. A versão da série animada foi criada e está sendo escrita por AC Bradley com Bryan Andrews na direção, planejada para meados de 2021 e já fazendo parte da fase 4 do MCU.

Aranhaverso mostrou  que isso é possível de ser feito, o Dr. Estranho anunciou que isso poderia ser feito e WandaVision está dizendo que isso está sendo feito. Muito mais coisas do que você viu ou ainda vai ver nas séries e nos filmes da Marvel já passaram pelo ponto de vista das possibilidades de Uato. A nós cabe simplesmente sentar a apreciar, sem questionamentos e simplesmente se divertir. Pois, O QUE ACONTECERIA SE…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s