Shazam! Opinião

Image result for Shazam!

Confesso que não estava tão empolgado para ver esse filme. Depois de não conseguir ir na pré-estréia por estar doente, perdi mais duas sessões que eu havia reservado simplesmente por que minhas partidas de Magic Arena no computador, e de Sekiro, no PS4, me pareceram opções bem melhores de entretenimento. Ontem, entretanto, depois de ouvir tantos comentários de amigos sobre o filme, decidi sair de casa e enfrentar os 130 minutos de Shazam! Valeu a pena?

A resposta mais direta é sim! Como valeu. É um filme mais leve do que eu esperava, e que segue, quase à risca, a encarnação mais recente do personagem nos quadrinhos. Por mais que os fãs não gostem (eu pessoalmente não suporto a versão da DC dos Novos 52, e não estou sozinho, já que a própria editora passou a consertar isso com a série Rebirth), o filme conseguiu adaptar de forma muito bem feita esses quadrinhos. Para os que não acompanham o personagem, e principalmente para as crianças e pré-adolescentes, o fillme Shazam! acerta em cheio.

Como um bom filme da sessão da tarde, principalmente os especiais de Natal, Shazam! tem todos os ingredientes para agradar os pequenos e as famílias. Os atores, principalmente as crianças, roubam o filme. O vilão cumpre seu papel (Mark Strong, mesmo no automático, funciona), e Zachary Levi consegue entregar um Shazam carismático e crível, com a personalidade do menino Billy Batson. Há momentos que emocionam, principamente envolvendo a família adotiva, e a ação é simples mas combina com a narrativa do filme. Os arcos que desenvolvem Billy, do deslumbramento inicial com os poderes recém adquiridos até a responsabilidade que agora pesa sobre seus ombros, são eficientes e seguem a boa e velha forma Peter Parker de “grandes poderes trazendo grandes responsabilidades”. Não houve como errar.

Image result for Shazam!

Ouvi muitas críticas reclamando que Shazam! era infantil demais e que o personagem em nada se parece com as encarnações anteriores do Capitão Marvel. Talvez estejam certos. Porém, o filme sabe muito bem dialogar com seu público, e ao menos respeita os fãs ao basear quase todo seu roteiro nos quadrinhos (por mais que quase todos odeiem os Novos 52). Adão Negro foi preservado, Dr Sivana recebeu um upgrade, mas tanto seu visual quanto sua personalidade permaceneram fiéis, e a essência do personagem continua ali – o orfão Billy Batson é escolhido pelo mago Shazam! para se tornar o campeão da Pedra da Eternidade para defender o mundo dos 7 Pecados Capitais, e demais ameaças místicas.

Impossível sair do cinema sem ter dado boas gargalhadas e, não ter ao menos uma vezes gritando seu nome: Shazam! A DCU apenas ganha com a adição desse filme, provavelmente o que teve mais coração e foi fiel ao que se propôs. Saí do cinema ansioso para ver mais filmes da DCU, e isso por si só, conseguiu me mostrar o quanto gostei desse filme.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s