What If?

Image result for uatu the watcher

Com as fusões que estão rolando: Disney abocanhando toda a propriedade intelectual bacana do universo, Sony vendida, Netflix com contrato vencendo, canal da DC chegando, o futuro se tornou um quadro lindo de ser admirado por olhinhos nerds lacrimejantes.
Tudo bem que, até agora, pouca coisa concreta está sendo anunciada, o que nos leva a crer que as ondas de choque dessas transformações ainda precisam vencer um leve delay.
Contudo, as portas da esperança estão abertas…..mas será que para todos?
Nerdopolis traz uma lista de possibilidades incríveis, passíveis de serem exploradas tanto nos cinemas quanto em séries, mas que, dificilmente verão a luz. Mas quem sabe? Vamos nos concentrar nessa Genki Dama galera.

Nick Fury 74

Related image

Nick Fury já é um ícone para o MCU. Suas participações sutis foram tão cruciais para a construção dos 10 anos de hegemonia cinematográfica Marvel que mexer com ele seria mexer com uma das peças lá de baixo do Torremoto da Estrela.
Só que isso acabou se tornando uma armadilha para o personagem. Ele virou uma entidade. Alguém conceituadíssimo mais por se ouvir falar do que por suas próprias ações, tirando dele a chance de ter seu universo próprio explorado. E cara, o caolho tem muita aventura bacana.
Pra começar, tira da cabeça questões raciais. Essa poderia ser a chave para tocarmos o projeto. Existem dois Nicks, o Samuel e o branquelo das antigas. E se buscassemos esse? E se, assim como dois coringas, puséssemos os dois chefões em ação. O novo Fury poderia ser o velho Fury…atuando nos anos 70…com sua personalidade menos Shaft e mais Logan. Suas histórias próprias escapam da necessidade de heróis fantasiados, buscando na espionagem “Bondiana” o seu nicho.
Vilões caricatos. Gadgets alucinadas. Agentes e inimigas apaixonadas. Dum Dum. Cara, pra velha-guarda seria um presentão!

Longshot

Image result for Longshot

O universo mutante finalmente está rumando para as mãos corretas. Mas, por ser tão grande, muita coisa passará batida na memória dos produtores. Penso que Longshot, o mutante seis dedos, sortudo pra dedéu, será um desses. Pena, porque sua história daria uma série de fugitivo bacana demais.
E se pegassemos um futuro distópico, em que um ditador maluco sanguinário e nojento controla o mundo através de um programa de TV. Puro entretenimento, tipo “o sobrevivente”. E se o astro dessa bagaça, um mutante com poderes de sorte, metesse o pé em busca de uma vida própria? E se em sua fuga alucinada ele encontrasse, em cada episódio, a realidade das ruas do amanhã, de dezenas de mutantes até então inexplorados, com suas tantas lutas pessoais, tudo isso enquanto foge de uma mutante quatro braços (e quatro espadas) com poderes de teleporte, conhecida como espiral? Ah…e eu falei que ele teria um Mullet?
Original? Não. Divertido? Sem dúvida!

Homem-Aranha 2099

Image result for Spiderman 2099

O teioso está estabelecido (de novo). Peter Parker voltou pra casa, foi pulverizado e, antes mesmo de se rematerializar, já tem sua próxima aventura cinematográfica confirmada.
Como se não bastasse, até o jovem Morales ganhou sua oportunidade numa animação que promete muito.
Então, por que parar por aí? E se pudéssemos explorar o universo Marvel 2099, trazendo o nosso querido Miguel O’Hara como carro chefe.
Já que estávamos falando em futuros distópicos cyberpunks, e se brincassemos com esse capítulo empoeirado da Marvel, e, pra não chocar com o cinema, lançando esse selo com a ousadia de uma série sci-fi da Netflix, por exemplo?
Mega corporações, seitas bizarras, velhos e novos inimigos… tem coisa muito bacana ali que poderia render! Se com Batman Beyond funcionou, por que não?

Kazar

Image result for Kazar Marvel Art

Voltando ao universo mutante, só que despencando de um futuro longínquo para um cenário selvagem e jurássico! Kazar, o Tarzan/Turok da Marvel, em suas aventuras na terra selvagem, abriria as portas para um ambiente até então inexplorado…sim, sim…INEXPLORADO. Ou você acha que Pantera Negra e sua Wakanda podem ser considerado um autêntico filme de Jungle Hero? Por favor. Eu acho que naquelas tomadas bonitas do lugar, no máximo apareceram uns passarinhos e uns rinocerontes domados. O lance é mata! É bicho! E, neste caso, répteis colossais!
Kazar é um personagem, com todo o respeito, bzão pra caramba! E isso é ótimo, já que concederia a quem fosse trabalhar com ele alguma liberdade criativa.
Então, e se pegassemos o Senhor da terra selvagem, o loirinho que inspirou o índio Tatuapu de Uga Uga, a sua digníssima esposa, dona Shanna, Sauron, aquele pterodáctilo hipnótico casca grossa, e um punhado de grandes e nervosos Dinos? Daria ou não daria uma bela sessão aventura?

Muir

Image result for muir island

O gene X dá pano pra muita manga. Imaginem uma série policial, estilão serial killer, que de repente caísse num survival horror, passada dentro dentro de uma isolada ilha Muir. E se pegassemos um punhado daqueles maravilhosos personagens secundários cientistas para formar um grupo de sobreviventes a espera do X-socorro? Um Banshee…um Forge…eu curtiria.

Quarteto Futuro

Power Pack

Cara, esse é um dos mais pedidos aqui em Nerdopolis. A adaptação das histórias dos guris da família Power poderia ser escrachadamente infantil, abusando de cores e efeitos para materializar os seus poderes visualmente fantásticos, como o da “arco-íris”.
E se, ao invés de seguir por aí, produzissemos uma série no rastro aberto por Stranger Things: ambientando naquele climão oitentista dos filmes sobre um bando de crianças bacanas numa misteriosa aventura envolvendo alienígenas e outros bichos. Fica a dica.

Camelot 3000

Related image

E a DC? Caras, esta aqui é uma série que teria tudo pra dar certo! Lançada em 82, Camelot 3000 antecipou, em muito, formatos e temas que hoje bombam nas TVs! E se, com o fim de Game of Thrones, a saga de Artur e seus reencarnados cavaleiros da távola redonda no século 22 fosse tirada do fundo do chapéu pontudo do velho Merlin? Aposto uma rodada de milk shake de morango, lá no Nerdopub, que pegaria o vácuo e arrebentaria! Tratado com a seriedade devida, tem de tudo ali: capa e espada, magia, ficção científica, manipulação genética, alienígenas, sensualidade, e a tórrida e super atual versão do amor de Tristão, o cavaleiro renascido em um corpo de mulher, e sua amada Isolda. Se há um momento pra se fazer isso, a hora é agora!

Liga da Justiça Internacional

Image result for Justice League International

Uma das melhores coisas já feitas nos quadrinhos! A Liga da Justiça Internacional, de autoria de Keith Giffen, J.M. deMatteis e Kevin McGuire, teve a ousadia de transformar a equipe outrora ocupada pelo panteão de deuses modernos da DC, numa novela super engraçada e, ao mesmo tempo, cheia de ação e aventura de qualidade, estrelada por uma série de personagens B que, a partir dali, se tornaram lendários.
E se pegassemos alguns nomes, como Guy Gardner (indispensável), Besouro Ted Kord Azul, Gladiador Dourado, Fogo e Gelo, L-ron, e jogassemos todos eles naquela mansão novamente? Agora em carne e osso.
Aquele filme maravilhosamente tosco do SBT tentou seguir a onda, mas, convenhamos, eram outros tempos, antes de Thor Ragnarok, Homem-Formiga e Deadpool ensinarem que super-heróis também podem ser divertidos.

Enfim, essas são apenas algumas ideias que muito provavelmente não veremos rolar, mas só a paradinha pra imaginar como seria já rende uma conversa bacana, ou não? E então, arriscariam elencos? Outras idéias? Quem sabe não juntamos alguns talentos um dia e não fazemos um fan movie de um deles? Me ponham uma peruca de cuia que eu topo ser o Guy mole mole!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s