Ant-Man and The Wasp – Opinião

3410600-ant-man-and-the-wasp-spoilers

Vespa, Golias, Jaqueta Amarela, todas as versões do Homem-Formiga, todo o núcleo dos encolhedores e esticadores da Marvel liderados pelo Dr. Pym sempre foram os meus preferidos dos Studios Marvel e não foi com apreensão ou excesso de expectativas que fui ver o primeiro filme do Homem-Formiga, pois já estaria satisfeito com a simples ideia de vê-lo nas telas, mas foi com uma sensação de êxtase que saí do cinema quando vi o primeiro filme.

A mesma sensação seguiu o segundo filme, claro que havia uma ansiedade para que ele viesse logo e a sensação de felicidade juvenil me tomou novamente antes, durante e depois de ver o filme.

Ant-Man-Thomas-Tank-Engine.jpg

É claro que muita gente pode ter achado um pouco estranho e ter sentido uma certa diferença em relação ao primeiro filme. No primeiro a comédia dava o tom característico dessa versão de Scott Lang do Homem-Formiga, e nesse segundo o protagonismo é dividido com a Vespa, que apesar de divertida é a parte séria e centrada do casal.

Ant-Man and The Wasp é e continua sendo um filme cômico, mas com tons mais leves de humor, Scott Lang tenta ao máximo ser um homem sério na frente de Hope deixando parte das piadas para a sua equipe da X-Con ou para as várias situações que são empregadas no filme, mas acima de tudo, é um filme de ação com grandes cenas de luta, perseguições implacáveis, tramas desenroladas e re-enroladas o tempo todo ao longo da narrativa.

Ant-Man-The-Wasp_Wasp.jpg

Muita gente pode achar que boa parte da graça do filme foi quebrada pelos spoilers que o próprio trailer trouxe, que as surpresas das empolgantes cenas de ação podem ter sido frustradas, mas há muito mais para se ver, muita estória de pano de fundo, que à exemplo dos últimos filmes do MCU têm criado brechas para novas aventuras e expansões ainda maiores desse novo Universo Marvel.

Existe um afago no coração do fã inveterado, ao contrário dos outros filmes do Studio, onde parece não existir fronteiras para o enredo ser desenvolvido, neste especificamente, como os seus personagens, tudo parece minimalista, a ambientação é em uma área urbana bem reduzida, a habilidade dos personagens transforma o pequeno em gigantesco e metaforicamente nos leva a viajar para um universo muito maior ao já imaginado até agora nas produções cinematográficas.

Ant-Man-and-the-Wasp-Ghost-concept-art

Como é uma característica dos personagens desde os quadrinhos, o filme é repleto de dramas pessoais e o que quebra o ritmo e não o deixa ser monótono é como cada um enfrenta os seus dilemas pessoais. Mesmo o vilão principal não pode ser encarado como um inimigo simplesmente, pois a força motriz que o impulsiona é o que o faz ser o que é, como a todos dentro do filme ele faz o que é necessário para enfrentar o seu drama pessoal.

Para quem vai ao cinema em busca de respostas para as suas aflições depois de Guerra Infinita pode acabar saindo frustrado, mas se for um observador atento pode ser que seja alentado, pois a sua se resposta se encontra em uma única frase ao longo de todo o filme.

p06cscrf

Mais uma vez a Marvel conseguiu acertar e dosar o tom de suas produções, mantendo o filme ao mesmo tempo único, com suas características distintas e dentro dos arcos do Universo Cinematográfico da Marvel.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s