Vivendo em Patópolis.

Patópolis-660x330

Os animais sempre serviram como fonte para excelentes metáforas sobre a nossa vida. Esopo e suas fascinantes histórias com finais filosóficos e moralistas, pode ser considerado o avô dessa brincadeira, mas modernamente falando, por mais que a TV tenha nos apresentado criaturinhas tão humanas quanto os velhos pica-pau, Zé Colmeia e Pernalonga, fica difícil tirar o título de maior criador de “gentes-bicho” (ou seria “bichos-gente”?) do tio Walt.

mickey-drawing-walt-disney-wonderful-mickey-mouse-walt-disney-art-in-the-style-of-norman-570x320.jpg

É engraçado notar como todo o poder do império Disney decorre de uma habilidade simples: entender o que são pessoas. Pessoas são estranhas! Elas gostam de rir de seus defeitos e problemas, mas pra isso primeiro precisam tirar de cima dos seus próprios ombros lançando-os em um outro alvo. Quanto mais distante dela, mais engraçado e fácil, ou seja, nós nos identificamos, rimos de nós mesmos, mas no fim dizemos: Que pato estúpido!

Wallpaper1010

Só pode ser isso! Afinal, se fôssemos capazes de ouvir essas histórias colocando-nos como reais centros da crítica… Nossa! Viveríamos num mundo melhor desde a época de Esopo, ou pelo menos nossa geração não seria tão pateta.

082615_pluto-10-things-feat-6.jpg

Quem não acompanhou, como eu, a saga do hilário homem-cachorro magrelo, tentando resolver seus problemas guiado apenas pela voz do narrador de uma fita de auto-ajuda? E olha só pra nós…a revolução da informação veio, e cá estamos, lançando nos Youtubers a responsabilidade de nos guiar pela vida em vídeos de no máximo cinco minutos, por não termos tempo a perder.

hqdefault

Ei, quem não conhece um pacato cidadão que se transforma num louco vingador atrás do volante ou num bárbaro selvagem na arquibancada de um jogo?

disney-comics-born-in-the-funnies-scrooge-feat-0-780x440-1443127875.jpg
Quem não sonha em mergulhar numa piscina de ouro? Quem nunca colocou toda a sua sorte na mandinga de uma moedinha número um?

mickeymeetsmickey_7528.jpg

Quem não conhece um cara comum, que por mais que tente engrossar a voz, fala fino na frente de tudo, até mesmo do seu cachorro? Um ratinho sorridente e simpático.

A-Touch-Of-Magic

Você pode rir… entendo que rir faz parte do processo. Mas acredito que nem Esopo nem Walt, gostariam de que tudo terminasse em gargalhada. Boas historinhas levam a boas reflexões. E a moral dessa vez aqui, amiguinho, é: #somostodospatópolis.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s