Dragon Ball Super – Opinião

Image result for Dragon Ball

Dragon Ball foi um dos primeiros animes que acompanhei. Não, não era o meu favorito naquela época mas conseguiu me cativar através do seu humor inocente (ok, não tão inocente assim) e da mitologia própria que era criada a cada episódio. Iniciado como uma série de Mangá em 1984 por Akira Toriyama, a franquia se mostraria uma das mais longevas da cultura pop. Quando uma nova série foi aprovada após o sucesso do longa A Batalha dos Deuses, que apresentava Beerus como o deus da Destruição que ameaçava destruir a Terra, uma nova oportunidade de rever aqueles personagens tão marcantes surgiu. Poderia Dragon Ball Super despertar novamente o Ki dos seus antigos fãs?

A força da popularidade de Mr. Sat…ops… Goku.

Image result for Mr Satan

Dragon Ball é considerado um dos principais exemplos da chamada “Era de Ouro da Shonen Jump”, o período entre meados dos anos oitenta e meados dos anos noventa, quando as vendas da revista estavam em alta. Em uma pesquisa realizada em 2007 pela Oricon em uma amostra de 1000 pessoas, Son Goku, o principal protagonista da franquia, ficou em primeiro lugar como “personagens de mangá mais fortes de todos os tempos”. Sua jornada e sua força cada vez maior o levou a conquistar “a admiração de jovens em todos os lugares” e, mesmo depois de décadas após sua primeira aparição, Goku continua a ter uma grande influência no mundo do anime e mangá, especialmente sobre a dinâmica da demografia shōnen. Vários artistas de mangá, incluindo Eiichiro Oda e Masashi Kishimoto, criadores de One Piece e Naruto, respectivamente, afirmaram que Goku inspirou os protagonistas de suas duas histórias.

Fenômeno mundial, Goku é sem dúvida um dos personagens mais reconhecidos. Quando a saga Dragon Ball Z foi exibida no Brasil, crianças, jovens e adultos se renderam ao apelo das batalhas épicas e absurdas, personagens engraçados e cativantes e animações que variavam de qualidade mas empolgavam. Quantos de nós não levantamos as mãos para o alto e ajudamos Goku a criar sua arma mais poderosa até então, a Genki Dama, para vencer Boo em sua última forma?

Image result for Genki Dama

Super Resumo na Sala do Tempo 

A história de Dragon Ball começa com Son Goku, um garoto ingênuo e puro com cauda de macaco e uma força extraordinária. Ele mora sozinho após a morte de seu avô adotivo em uma montanha chamada Paozu. Um dia ele conhece Bulma, uma garota muito inteligente da cidade, que estava em busca das sete Esferas do Dragão. Persuadido, Goku concorda em ajudar Bulma a encontrar as Esferas. Os dois partem em uma longa jornada, durante a qual eles fazem muitos amigos. Depois, Goku passa por um treinamento com mestre Kame, onde o garoto Kuririn se torna seu parceiro, e participa de vários torneios mundiais de artes marciais. No curso de seu crescimento e seu desenvolvimento, ele enfrenta inúmeros inimigos, incluindo Piccolo, que depois se torna seu aliado. Quando se torna adulto, Goku se casa com Chi-Chi, cumprindo uma promessa feita por ele quando ambos eram crianças, e possui seu primeiro filho chamado Gohan. Goku acaba descobrindo que pertence à raça extraterrestre Saiyajin, e que foi enviado à Terra quando criança para conquistar o planeta. Pouco depois de sua chegada, no entanto, ele tinha sofrido um ferimento na cabeça, perdendo desta forma a memória da missão e sua natureza agressiva. No entanto, o jovem decide continuar a defender seu planeta adotado do ataque de inimigos cada vez mais difíceis, incluindo o príncipe dos sayajins Vegeta, que depois também se torna seu aliado. Desta forma, juntamente com sua família e seus amigos, Goku luta contra inimigos como Freeza, Cell, Boo e por último, Jiren, se tornando o protetor da Terra e todo o universo.

Image result for Beerus

Dragon Ball Super teve seus altos e baixos. Os primeiros episódios apenas recontavam os acontecimentos mostrados no longa a Batalha dos Deuses, com uma animação dos combates que deixou bastante a desejar. Porém, os novos personagens (Beerus – deus da Destruição, e seu “ajudante” Whis) eram bastante interessantes e funcionaram bem entre o restante da galeria de aliados e vilões da série. Com a reintrodução dos mais odiado dos antagonistas de Goku, Freeza através do longa A Ressurreição de Freeza (que também foi recontada nos episódios da nova série regular), Dragon Ball Super recuperou parte do seu fôlego.

Então surgiu o Torneio do Poder.

 Zen-Oh (o deus supremo de todos o multiveso) e o Zen-Oh do futuro (sim, teve viagens no tempo na série Super também) lançam um novo torneio chamado Torneio do Poder (Chikara no Taikai). O torneio do multiverso apresenta times de lutadores de cada universo por sugestão de Goku. Entretanto, isso se torna uma batalha pela sobrevivência quando ambos os Zen-Oh declaram que os universos derrotados no torneio irão ser apagados. Goku, Vegeta, Gohan, Piccolo, Kuririn, Mestre Kame, Tenshinhan, Androide 18, Androide 17 e um temporariamente revivido Freeza se unem ao torneio como representantes do Universo 7 (onde vivem nossos heróis) para protegê-lo.

Image result for Torneio do Poder

Os deuses da Destruição de cada um dos 12 Universos.

Apesar do fato de ambos os Zen-Oh já planejarem a destruição dos universos mais fracos, a maioria dos lutadores dos outros universos que desconheciam esse fato vêem Goku como um vilão por sugerir lançar o torneio em primeiro lugar. Fora dos doze universos, apenas quatro (universo 1, 5, 8, e 12) são isentos de participarem devido seus habitantes terem uma média de poder com classificação acima de 7.

Goku alcança uma transformação conhecida como o Instinto Superior (Migatte no Gokui), que o permite se mover automaticamente sem seu cérebro ter que enviar sinais para seu corpo e drasticamente aumenta sua agilidade. Após seis universos terem sido derrotados e apagados, o torneio atinge seu clímax com Universos 7 e 11, na batalha final para reivindicar as Super Esferas do Dragão e sua sobrevivência. Ameaçando a vitória dos nossos heróis, conhecemos Jiren, personagem com o poder maior que o de um deus da destruição. O pouco que é mostrado nos primeiros episódios da fase do torneio, já são o suficiente para acreditarmos que ele é será o oponente mais duro e provavelmente o último a cair.

Image result for Jiren

Dyspo – Jiren – Toppo

Aqui, Dragon Ball Super mostra para o que veio, e prova que a série ainda possui um nível de poder muito acima de 8000. A cada universo apagado da existência pelas mãos dos dois deuses supremos com apenas um simples gesto, e as reações, tanto daqueles que estão prestes a desaparecer, quanto dos demais que restaram, a série ganha em emoção e expectativas. Quem será o próximo a cair? Qual será o próximo universo a ser apagado por Zen-Oh e Zen-Oh?

Novas transformações, novos sacrifícios, diversos universos apagados e Jiren. Sim, aquele cujo poder ultrapassa o de um deus da destruição. Aquele que não pode ser vencido. Torcer para Goku, mesmo sabendo que ele é o personagem principal, pode até ser previsível. Mas a emoção que tivemos ao assistir ele enfrentando Piccolo no final de Dragon Ball, além de Freeza e Boo no final de Dragon Ball Z, retorna com força total. As animações estão bem acima da média da série e vibramos a cada golpe que aterriza sobre o adversário. Ainda temos algumas reviravoltas e um dos combates finais mais incríveis da história das animações. Telões são espalhados por cidades de diversas partes do mundo para transmitir os episódios finais, reunindo multidões de fãs, e repetindo de certa forma, o fenômeno da Genki Dama de mais de uma década atrás.

Image result for Goku e Vegeta

O Torneio do Poder termina. Temos um vencedor inesperado. Assim como ele, é inesperada a alegria misturada com tristeza que sentimos ao assistir os créditos enquanto a música de encerramento parece também dizer que ficaremos sem acompanhar as aventuras dos nossos queridos guerreiros por algum tempo. Mas assim como Freeza parece estar se preparando para tentar novamente conquistar o universo, podemos nos preparar para, um dia, assistirmos Goku alcançar o Instinto Superior ou qualquer forma que ultrapasse os seus limites para salvar o dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s