O que houve com Bagdá?

thief_of_baghdad_2

Esta semana revi um clássico, de certa forma esquecido, e foi uma experiência sensacional.

Cada minuto do filme, com suas paisagens maravilhosas, fantásticas e inocentes sobre um oriente árabe, terra das histórias de Mil e Uma Noites, reavivavam em minha mente, as cenas que lá estavam guardadas em minha infância, de quando a Sessão da Tarde (sim, ela mesma) passava filmes inacreditavelmente decentes.

09

O filme de 1941 é britânico e baseia-se em um dos contos das Mil e Uma Noites. Nele, temos um príncipe amaldiçoado a ficar cego, um ladrão transformado em cachorro, um Jaffar bruxo, um gênio da lâmpada, um templo secreto cheio de perigos, aranhas gigantes, um rubi mágico do tamanho de um coco, uma princesa, romance, aventura, suspense, drama, e é claro, um tapete voador.

Revê-lo nos dias atuais foi um presente divertido, uma vez que vi como tal história influenciou o cinema (e olha que este filme ainda é um remake de um filme dos anos 20) em obras da Disney, em jogos de videogames e muitos outros filmes que vieram depois, mas que misteriosamente desapareceram completamente do “menu” de filmes.

Conversando com um dos meus amigos daqui do Mundo Guerreiro na madrugada, discutimos sobre a questão do por que, o que outrora praticamente um gênero do cinema (estou falando dos romances ambientados na Arábia), desapareceu das telonas. Acreditem ou não, entre os anos 80 e 90, filmes de ladrões, guerreiros, gênios e magos dos desertos em tapetes voadores e cavalos alados, enchiam as sessões de filmes da TV. A resposta do meu amigo, o Vinícius, é de que alguns gêneros tendem a acabar, e que ele acredita que mesmo o atual sub-gênero dos filmes de heróis, tenderão a acabar um dia. Bem, eu não tenho uma resposta para isso, não sou nenhum especialista em história do cinema, mas não sei se é apenas esta questão, do fim de um gênero.

theif of bagdad

Rever o Ladrão de Bagdá fez a criança dentro de mim, ficar um pouco agitada, de tal forma que me trouxe melancolia ao mesmo tempo.

Fiquei rindo sozinho depois, quando lembro de ver em canais e páginas comentários sobre nostalgia, daí o nostálgico em si fala sobre desenhos dos anos 90, Power Rangers, Castelo Ra Tim Bum e Arquivo X…

The thief of Bagdad (1940)[00-58-21]

                Ai, ai! Estou ficando velho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s