TOP 10 Aberturas de Desenhos que Deixaram Saudades.

desenhos-animados

Houve um tempo, em que os desenhos animados, não só tinham um conteúdo que praticamente desapareceram, como suas aberturas não pareciam sequer aberturas de desenhos animados comparando-se com os terríveis produtos, principalmente nipônicos atuais (na minha opinião magnética para haters) que temos hoje. Não que não hajam animes obras-primas, quero deixar claro, mas a nível de abertura, não há nada que eu tenha visto hoje que chegue perto do que estarei listando aqui.

Uma abertura bem feita, tinha muitas vezes uma banda de rock contratada para fazê-la. Com um som que se você colocasse misturado à coleção musical de algum leigo, ele não iria perceber de forma nenhuma que aquilo era de algum desenho animado da tv, e isso já é uma característica muito marcante que houve na mudança das aberturas na minha opinião.

Aquelas aberturas apresentavam desenhos sem frescuras, personagens marcantes e inimigos originais. Estes desenhos durante muitos anos, ajudaram a moldar o caráter das gerações que se predispuseram a assisti-los e que deles se tornaram fãs.

Hoje infelizmente a maioria (não disse todos) dos desenhos perderam esta maravilhosa fórmula, tornando -se desenhos mais vazios.
Por incrível que pareça, se você conheceu parte das músicas das aberturas que serão apresentadas nesta lista, saiba que 8 entre 10 músicas de sua infância foram criadas por um único homem. Sim.
O grande “mago de parte das músicas de sua infância”, que de certa forma monopolizou o mercado de trilhas de aberturas dos desenhos ocidentais, chamava-se Shuki Levy. Israelense naturalizado Estado Unidense, escritor, produtor, diretor e compositor, cuja carreira se iniciou nos anos 70. É recordista mundial de composição de trilhas sonoras para animações, e sua carreira não se resumia apenas a músicas para desenhos animados.

shuki-collage-0302.jpg.824x0_q71_crop-scale

E não, eu não estou ficando velho. Não que eu seja novo também, mas antes que você pense nesta desculpa preguiçosa sobre este tipo de visão, ainda há alguns desenhos muito bons hoje em dia que eu acompanho sempre que posso.
Mas as aberturas…Ah! As aberturas!

Vamos à nossa lista, que lembrando, não está classificada pela qualidade do desenho, mas pela trilha sonora:

10º Lugar: Thundar o Bárbaro – tínhamos um ambiente pós-apocalíptico, radiação, mutantes, magia, robôs um mago louco em uma armadura com extremo poder e dupla personalidade (literalmente) e tudo de bom que a Hanna Barbera tinha a oferecer para as crianças dos anos 80.
“ARIEL, OOKLA, VAAAMOS”

9º lugar: SilverHawks – derivados do sucesso de Thundercats, e personagens do mesmo universo, temos este grupo em uma aventura espacial onde eles são guardiões biônicos e sua temática…bem, é bem óbvia.

8º lugar: Johnny Quest – um sucesso que perdurou enquanto a saudosa Hanna Barbera existia, Jonnny Quest, retrata bem o espírito dos heróis pulp dos anos 60. Um dos melhores trabalhos musicais do gênio que compôs quase todas as músicas para os desenhos da Hanna, Hoyt Curtin, temos uma pegada sofisticada e diferenciada nesta obra.

7º lugar: Pirata do Espaço – Sim, haviam obras nipônicas com aberturas decentes (musicalmente), mas isso parece ter acabado, resumindo todos os animes que eu vejo em musicas de aberturas que parecem boybands teens insuportáveis.
Lembrem-se, estou falando da abertura apenas.
Se liga no bongô.

6º lugar: Jayce – Agora começamos a entrar nos hits mais poderosos. Dá-lhe Shuki Levy.

5º lugar: She-Ha – Ela fez parte dos sonhos de muitos adolescentes que hoje são marmanjos. Se um dia houver um filme desta personagem e do seu universo cheio de potencial, ela e sua música tem que ser mantidos.

4º lugar: He-Man – não podemos deixar o irmão gêmeo, homem mais forte do universo e mais famoso de fora.
Gostaria de ver uma orquestra tocando isso um dia.

3º lugar: Thundercats – Desta vez, o gênio por traz de toda a trilha sonora deste desenho, que possui além da abertura temas para cada personagem, veículo e sua espada. Bernard Hoffer fez um trabalho primoroso ao compor Thundercats.

2º lugar: M.A.S.K. – Um dos melhores trabalhos de Levy na minha opinião, apesar do desenho não ser tão grandes coisas, comparado aos demais desta lista.

1º Lugar: Galaxy Rangers – Enfim a obra-prima das músicas de aberturas de desenhos animados, unido a uma história e ambientação até hoje não replicada em nenhuma obra. Temos aqui o casamento perfeito entre personagens, ideias, ambientação, época certa e trilha sonora.
Música composta pela banda FM – No Guts no Glory.

2 Respostas para “TOP 10 Aberturas de Desenhos que Deixaram Saudades.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s